Como adaptar seu site para pesquisa de voz? 4 dicas para otimização

Adaptar seu site para ter a pesquisa por voz é extremamente necessário, pois o avanço dos recursos tecnológicos se adaptam cada vez mais as nossas necessidades e tornam os dispositivos mais acessíveis.

Descubra como é possível adaptar o seu site para usuários que fazem pesquisa de voz e descubra como essa nova tecnologia pode impactar os seus resultados.

O que é a pesquisa por voz?

Na pesquisa por voz, ao invés de digitar, você pede ao celular, ou outro dispositivo, que faça a pesquisa através da sua fala. Essa função facilita a vida de muitas pessoas, seja para quem precisa de ações inclusivas, seja para quem quer mais praticidade no dia a dia.

O que é a pesquisa por voz
Fonte/Reprodução: original

Veja também: 5 Sites para Otimizar Imagem para WEB

Esse recurso garante acessibilidade para pessoas com deficiência visual ou até mesmo às crianças que estão em fase de desenvolvimento. O fato é hoje em dia todos conseguem achar o conteúdo preferido na internet. Através desse mecanismo, conseguem encontrar o que desejam assistir.

Esse é o método mais fácil de fazer uma pesquisa, mesmo se suas mãos estiverem ocupadas. Por isso, é de extrema importância você adaptar o seu site para a pesquisa de voz.

Como as pessoas usam pesquisa por voz?

Nem sempre conseguimos expressar totalmente o que queremos ao fazer uma busca escrita, já que colocamos poucas palavras e avaliamos os resultados mais próximos. Mas na pesquisa de voz, podemos falar mais palavras e elaborar uma frase com mais detalhes, o que irá nos auxiliar a encontrar um resultado mais compatível com nosso objetivo.

Como otimizar seu conteúdo para a busca por voz?

Esse novo mundo de pesquisa de voz trouxe mais uma oportunidade para ranquear melhor no Google e ajudar os seus leitores a acharem o seu conteúdo. A seguir, você verá as 4 dicas para adaptar seu site a pesquisa de voz.

Crie artigos com perguntas e respostas

Ao criar um artigo em seu site, procure discorrer sobre o assunto, mas separe em tópicos, que podem ser as perguntas mais feitas ou os comentários que sua audiência deixou sobre o assunto.

Você consegue saber essas perguntas mais recorrentes através da barra de pesquisa do Google, do site Answer The Public e Alsoasked. Essas duas últimas opções, mostram inúmeras opções em forma de pergunta ou afirmações interessantes para incluir em seu conteúdo.

Separar em tópicos também é uma boa dica para manter a atenção da pessoa e fazer com que leia até o fim da página, pois é uma forma de gerar identificação.

Escreva como se fosse uma conversa normal

O erro de muitos redatores é escrever de maneira robotizada, de forma que as pessoas identificam que o assunto está muito forçado ou até mesmo com uma linguagem muito técnica.

O ideal é separar o nível de cada conteúdo e saber quem irá consumir esse texto. O indicado é escrever de um jeito amigável, como fosse uma conversa entre duas pessoas.

Foque em uma palavra-chave por artigo

Ao escolher seu tema, você deve escolher uma palavra-chave para ser a principal. Assim, você conseguirá implementar suas técnicas de SEO ao inserir no link permanente, descrição, texto e título.

No caso da pesquisa de voz, é essencial você utilizar uma palavra-chave de cauda longa, a qual combina até seis palavras, de modo a atingir um público mais específico e fugir da concorrência em questão de ranqueamento.

Diminua o carregamento das páginas de seu site

A utilização de smartphones no dia a dia é comum, principalmente ao frequentar lugares abertos ou se locomover pela cidade.

Nessa situação, o 3G ou 4G costumam ser o único recurso para navegar pela internet, ainda assim, pode acontecer de a conexão estar fraca.

A melhor forma de ajudar essas pessoas a acessar rapidamente o seu conteúdo é melhorar o carregamento da sua página. Use o PageSpeed Insights, um recurso do Google onde você pode avaliar quão rápido ou lento o seu site é para carregar todas as informações.

Muita das vezes, o carregamento lento ocorre por conta de uma imagem não comprimida ou algum código que não é utilizado, e a ferramenta irá apontar o que é preciso melhorar para acelerar o processo. Por isso, leia com atenção as observações e anote para consertar os possíveis erros.

Técnicas de SEO para pesquisa por voz

Nos tópicos acima, demos algumas dicas sobre como otimizar seus conteúdos para a pesquisa de voz, mas ainda temos uma dica extra, que é cadastrar sua empresa no Google meu negócio, como uma forma de gerar maior visibilidade ao seu site.

Técnicas de SEO para pesquisa por voz
Fonte/Reprodução: original

Veja também: Os 11 erros de SEO mais comuns: Como evitar?

Ao fazer isso, não deixe de inserir a localização, o catálogo de produtos e outras informações requeridas para o cliente ter o máximo de informações possíveis sobre você.

Como funciona o comando por voz?

Em alguns aparelhos, basta falar “Ok, Google” e depois fazer a pergunta. Mas, existe também a Alexa, que também faz esse tipo de pesquisa. No caso de aparelhos IOS, temos a Siri, que executa a mesma função das demais.

Com um celular, você consegue fazer uma pesquisa de voz sem pensar muito. Com a Alexa, tem pessoas que automatizam sua casa por voz e conseguem pedir para fechar as persianas, desligar a luz, ligar o video game, dentre várias outras opções.

Qual o potencial dessa tecnologia?

O foco da pesquisa por voz é a rapidez e a acessibilidade, afinal, quanto mais avançamos tecnologicamente, mais informações surgem, e isso consome demais o nosso cérebro. Mas essa nova forma de pesquisa facilita em questão de não precisar pensar muito para encontrar a informação desejada.

Como essa mudança de interfere nas técnicas de SEO do seu site?

Os sites precisarão se adaptar a essa nova função, pois o Google quer que os produtores de conteúdo facilitem o consumo desses textos.

Ao inserir perguntas, carregamento rápido e uma linguagem mais simplificada, já ajuda bastante no desempenho da pesquisa por voz, e já pode garantir um número maior de acessos.

Mais a frente, você conhecerá algumas características que podem te ajudar a ranquear melhor nesse tipo de busca.

Seu negócio está preparado para essa mudança?

Todo negócio precisa estar em constante evolução! Se você acha que terá que fazer muitas mudanças por ter vários artigos, comece aos poucos a atualizar e já comece a implementar daqui para frente nos próximos conteúdos.

Sempre haverá novas tecnologias, técnicas para melhorar o SEO, logo, você precisa estar atualizado e pronto para colocá-las em prática.

Como esse tipo de pesquisa impacta o SEO?

Um estudo feito pelo Backlinko sobre pesquisa de voz, apontou que o Google Home prefere conteúdos longos e mais completos, com mais de duas mil palavras.

Lembre-se que um conteúdo longo, não é sinônimo de apenas colocar muitas palavras, mas sim a conteúdos profundos, que abordam o assunto e explicam o máximo possível de forma clara. É válido incluir imagens, gráficos e listas, para fácil visualização e não deixar muito cansativo para o leitor.

Além disso, foi comparado a velocidades de carregamento dos sites e constatou-se que o tempo médio de carregamento de 4,6 segundos.

Se você é ativo nas redes sociais, tenho uma boa notícia para você. Segundo o estudo, os conteúdos mais compartilhados nas redes sociais costumam aparecer com maior frequência na pesquisa de voz.

Essas são dicas eficazes para você que deseja ter seus conteúdos nas primeiras posições de busca do Google. Vale a pena anotar essas dicas para aplicar em seu site o mais rápido possível.

A pesquisa de voz costuma focar no top 3 dos resultados, então, comece com as técnicas de SEO básico para alcançar esse ranking se for iniciante ou apenas atualize os conteúdos antigos para um melhor desempenho.

guest-posts-newsletter

Insights relevantes para maximizar o posicionamento da sua marca na internet

    Deixe um comentário

    © Copyright GuestPosts 2019 - 2022. Todos direitos reservados.

    Desenvolvido por E-Inov, Layout by Agência WN