Os 11 erros de SEO mais comuns: Como evitar?

erros-de-seo-como-evitar

Conhecer quais erros de SEO você pode estar praticando em seu site, é o que iremos abordar no tópico de hoje!

Afinal, ganhar visibilidade e ser encontrado no topo do ranqueamento no Google, é o desejo de todos os proprietários e editores de websites/blogs, não é mesmo?

Neste artigo, vamos auxiliar você, a entender como aplicar uma excelente Estratégia de SEO, de maneira assertiva para o seu negócio, sem cometer erros de SEO na hora de aplicar esta técnica em seu site/blog.

Mas antes de avançarmos – caso ainda não tenha conferido – leia sobre: SEO o que é e para que serve? E entenda melhor sobre essa estratégia de otimização e ranqueamento no Google.

Confira abaixo os X erros de SEO, e como evitá-los.

Os 11 erros de SEO mais comuns e como evitá-los

Existem alguns erros de SEO – Search Engine Optimization – que podem ser cometidos ao longo do caminho, quando não aplicados de forma correta.

O fato é que a estratégia de otimização para mecanismos de busca pode gerar muitos benefícios, inclusive em compra e venda por meio. 

Por isso, esse desejo pelas primeiras posições de busca pode ser cada vez mais comum. O que não podemos deixar de considerar é que, ainda que a intenção seja acertar, existe sim, a possibilidade de erro. 

E é por isso que preparamos esse post: para ajudar você a monitorar, entender, e tentar não repetir algumas Estratégias de SEO que, em vez de ajudar, parecem não deixar o seu site no posicionamento desejado.

Sendo assim, vale ressaltar que entender sobre como gerar tráfego orgânico exige não só a aplicação das melhores estratégias, mas também, a dedicação no uso de métricas e monitoramento, atualização e ajustes com frequência.

Mas não se preocupe, isso é algo que aprendemos com a prática, e que em alguns casos, são necessários apenas alguns detalhes a serem corrigidos.

Por isso, separamos alguns erros de SEO, frequentes, e que podem ser o seu! Veja a seguir:

Não criar um planejamento 

Toda estratégia exige um bom planejamento por trás. E claro, com o SEO não é diferente.

A fim de não cometer um dos grandes erros de SEO, é preciso estudar desde o tema em questão – se atentando ao planejamento de conteúdo – até às palavras-chave e as atualizações direcionadas pelo Google. 

Para isso, você deve entender seu público, seu comportamento, e quais termos ele poderia usar para a pesquisa.

E claro, existe uma concorrência que também pode estar adotando as mesmas estratégias que você e merece atenção.

Pergunte a si mesmo: qual é o meu diferencial? E então, poderá aplicar alguns detalhes que podem estar deixando o seu site lá atrás, em posicionamento.

Não criar um planejamento para suas palavras-chave

Um dos grandes erros de SEO, é não conciliar o uso correto das palavras-chave.

Sejam em títulos, subtítulos, ou até mesmo em sua landing page – seja onde for – o uso correto das palavras-chave é dos quesitos essenciais para um excelente ranqueamento no Google.

Por isso, é válido lembrar que o uso das palavras-chave deve acontecer de forma natural, com um determinada frequência de aparições, conforme a quantidade da produção textual.

É válido salientar, que existem plataformas de conteúdo específicas que podem ajudar você a encontrar as melhores palavras-chave, e assim, auxiliar em seu planejamento, como: Google Trends, SemRush, Ahrefs.

Planejador de palavras-chave do Google

Com o Planejador de palavras-chave do Google é possível que combine palavras, a fim de conciliar em uma excelente palavra-chave ou long-tail.

Esta ferramenta é gratuita e através dela, é possível que você descubra novas palavras-chave, além de conferir o nível de dificuldade para o ranqueamento, e volume de pesquisas.

google-planejador-de-palavras-chave

Planejador de palavras-chave no SemRush

O SemRush disponibiliza gratuitamente um escopo de 10 inserções de palavras-chave, a fim de que você inicie o seu projeto.

Com esse planejador de palavras-chave é possível que você acompanhe a posição de suas palavras-chave na SERP em tempo real, monitore suas classificações, analise a concorrência, entre outros diversos benefícios.

A Plataforma disponibiliza planos pagos, com integrações avançadas para atribuir as melhores estratégias de marketing digital voltada para o business.

semrush-planejador-de-palavras-chave

Planejador de palavras-chave no Ahrefs

Um dos melhores planejadores de palavras-chave, o Ahrefs dispobiliza apenas a versão paga.

A Plataforma disponibiliza o estudo de palavras-chave, volume, análise de concorrência (palavras-chave), backlinks, tráfego pago e orgânico de páginas.

Com o Ahrefs, sua pesquisa por palavras-chave pode ser direcionada diretamente para usuários do Google, ou Youtube, ou Amazon, Bing, Yahoo, entre outros.

ahrefs-planejador-de-palavras-chave

Alguns plugins podem auxiliar a inclusão de palavras-chave em sua produção textual, como o: Rank Math. Além de verificar a pontuação de sua palavra-chave, é possível observar Estratégias de SEO que podem cooperar para que o seu site alcance um excelente ranqueamento no Google.

rank-math

Utilizar palavras-chave em excesso

Este é um dos erros de SEO que, bem como a não utilização de palavras-chaves, em alguns casos, ocorrem o excesso. O que aos olhos do Google, é um erro gravíssimo!

O excesso de palavras-chave, também é conhecido como keyword stuffing, o qual é também considerado como uma forma de spam.

E acredite, seu site será penalizado por isso!

Não acompanhar as title-tags

As title-tags funcionam basicamente, como forma de identificar o conteúdo presente naquela página específica, ou seja, possuem a finalidade de apresentar ao usuário o escopo do conteúdo abordado.

Considerado um dos elementos de otimização mais importantes para as Estratégias de SEO, bem como auxiliar para o excelente ranqueamento no Google.

Não utilizar as heading tags

As heading tags, também conhecidas como, H1, H2, H3, são códigos em HTML para construir uma página, ou estrutura de uma produção textual.

O ideal seria conciliar, de forma natural, um bom posicionamento para suas palavras-chave (primária e, secundárias).

Não utilizar imagens ou gráficos

Um dos erros de SEO – também muito cometido – é sobre inserir qualquer imagem em seu conteúdo.

O ponto é: conciliar imagens, gráficos e infográficos que irão cooperar para o entendimento dos usuários, conforme o tema abordado.

As alt-tags estão pra isso, conciliar um excelente entendimento sobre a imagem, referente ao conteúdo abordado.

Por isso, atente-se ao inserir imagens que realmente façam sentido e auxiliem para o ranqueamento por palavras-chave.

Não acompanhar as conversões

Quando o seu objetivo é realizar uma venda a partir da geração de tráfego orgânico, é ainda mais necessário acompanhar esse processo, principalmente a conversão.

Um dos erros de SEO é não avaliar o que pode estar impedindo o seu cliente de fazer uma compra.

Talvez uma palavra-chave errada, ou até mesmo o acesso ao seu site. Será que esse termo precisa ser genérico ou mais específico? Fatores desse tipo merecem atenção.

monitoramento-no-google-analytics

E para isso, instrumentos próprios do Google, como o Analytics, podem te ajudar a identificar de onde estão surgindo os acessos.

Com isso, você poderá analisar, tomar melhores decisões daqui a para frente e não cometer erros de SEO.

Produzir conteúdos de baixa qualidade

Um dos principais erros de SEO e que é cometido com frequência, é produzir conteúdos sem relevância, com pouca qualidade.

É claro que é importante estar atento aos aspectos técnicos, mas a qualidade precisa ser considerada, porque as pessoas procuram respostas para as suas perguntas. 

O intuito é gerar conhecimento, e você não conseguirá isso com uma informação precária. Por isso, atente-se a esse erro, já que pode ser decisivo no fato da sua página não estar nas primeiras posições do Google. 

Esses erros também podem se formar em casos de erros de escrita, ou até mesmo cópia de outros sites. 

O importante é, de fato, oferecer algo para o leitor, para assim, adquirir a autoridade desejada no assunto em questão. 

Esquecer os links internos 

Pode parecer que não, mas os links internos podem ser muito eficientes. O fato é que muitas pessoas esquecem disso, e este é um dos erros de SEO, mais frequentes!

Esse uso pode ser muito benéfico, principalmente, quando alguém acessa o seu site e enxerga a relevância do seu conteúdo.

Assim, ele poderá considerar que você tem autoridade para publicar conteúdos tão bons quanto o que foi lido anteriormente.

Você pode personalizar o texto durante a leitura e inserir o hiperlink. Acredite: isso é mais eficiente do que o imaginado!

Isso aumentará a visibilidade de outros conteúdos, ao passo que o usuário passará a navegar por outros artigos do seu site e isso se tornará uma troca saudável entre ambos. 

Mas lembre-se de variar nos termos dos textos e não utilizá-los de forma extrema. 

Ignorar a meta-description 

Por fim, mais um dos erros de SEO é ignorar a meta-description. 

Isso porque, é um item muito importante para gerar curiosidade no usuário e produzir nele, a vontade de clicar no seu artigo, antes mesmo de vê-lo. Por isso que é um primeiro passo que não pode ser esquecido.

Além disso, você deve ser original ao produzir a sua meta-descrição e enfatizar elementos importantes do texto.

O que acontece é que, muitas vezes, pode haver cópias em sites, ou esse recurso (a meta-description) não é utilizado da melhor maneira para gerar o alcance dos usuários.

Você deve apresentar em até 153 caracteres, uma descrição compatível e atrativa, com persuasão e através do uso de palavras-chave interessantes ao leitor, de modo que responda às suas dúvidas. 

É como se fosse uma forma de apresentar e vender o seu conteúdo. Por isso, não esqueça de utilizar essa oportunidade da melhor forma!

Esquecer da otimização para a experiência do usuário

Um dos quesitos primordiais para o ranqueamento no Google é garantir uma excelente experiência para o seu usuário.

Recentemente o Google apresentou um conjunto de métricas essenciais para alcançar o topo da SERP, essas métricas foram denominadas como Core Web Vitals.

Entender sobre Core Web Vitals o que é, é essencial para garantir uma boa posição no ranqueamento dos buscadores, e seu escopo basicamente é comporto pelas métricas: LCP, FID e CLS.

Garantir uma excelente experiência para os usuários, é um dos princípios mais exigidos pelo Google, além, claro, de um excelente posicionamento de palavras-chave.

💡 Se você têm um blog, confira nosso artigo sobre Blog Corporativo: Técnicas de SEO para produção de texto

Conclusão 

E então, já identificou os principais erros de SEO que você comete?

Talvez sejam todos esses, ou pode ser que apenas um desses detalhes esteja presente na sua produção. Mas o que importa é que entendendo um problema, é muito mais fácil resolvê-lo!

Nós do Guest Posts, procuramos auxiliar você nesse processo de otimização do tráfego orgânico com ênfase nas métricas e monitoramento de links, artigos e outras funcionalidades essenciais para colocar seu site no topo do Google sem pagar por campanhas.

Por fim, esperamos ter ajudado você com a publicação deste artigo. Amplie seus conhecimentos e conheça nossa biblioteca de artigos que podem auxiliar a otimização do seu site/blog.

Um grande abraço e até a próxima!

guest-posts-google-web-stories
Compartilhe:

Deixe um comentário