Google Ads e Gestão de Tráfego: qual sua relação? [6 dicas para aumentar as conversões]

No atual cenário do marketing, em especial no Marketing Digital, o assuntos sobre Google Ads e Gestão de Tráfego ganham destaque para as empresas de maior sucesso que lançam uma série de ferramentas pagas e gratuitas para atrair mais visitantes para os seus domínios. Uma dessas ferramentas é o Google Ads e, utilizar a ferramenta do Google Ads com estratégias de Gestão de Tráfego pode aumentar drasticamente suas conversões.

Quando o assunto de tráfego surge em questão, a primeira empresa que vem à mente é o Google. Isso porque a ferramenta de busca é a mais utilizada no mundo e possui uma gigantesca vantagem em relação aos competidores.

Quando um usuário pesquisa um termo e consulta um dos links sugeridos, ele está se movimentando no ecossistema digital, e os especialistas dão a essa movimentação o nome de tráfego. Compreender esse conceito é fundamental para basear uma estratégia digital e ter sucesso com campanhas de Marketing e Vendas na internet. 

Quem administra o site de um welcome coffee sabe que quanto mais pessoas visitarem, maior será o número de oportunidades de venda e, por consequência, as conversões. A questão é como conseguir atrair um tráfego maior e, para isso, o Google Ads e Gestão de Tráfego são ótimas soluções.

De forma geral, é possível dividir o tráfego entre o pago e o orgânico. O orgânico é obtido através da padronização e adequação do site para os parâmetros que o Google e o seu algoritmo utilizam para medir a qualidade de um link.

Já o tráfego pago utiliza aplicações disponibilizadas pela própria plataforma, como o Google Ads, para gerenciar e criar anúncios pagos. Esses anúncios apresentam o domínio promovido à frente da lista de recomendações elencadas pelo algoritmo. 

O Google ainda permite que outras empresas invistam em softwares para gestão de tráfego pago em sua plataforma, mas, ainda assim, o Google Ads é um dos artefatos mais eficientes para gerir esse processo. Então, na própria plataforma você consegue realizar o Google Ads e Gestão de Tráfego de forma integrada.

A gestão do tráfego pago atua, em especial, na formulação de estratégias que consistem em alavancar os resultados de um site via anúncios. Boa parte desse trabalho está em segmentar o público e analisar métricas relacionadas.

O que é Google Ads e Gestão de Tráfego?

Uma empresa que desenvolve sites para produtos como removedor de gordura pesada deve se atentar ao tráfego pago. Tal estratégia envolve anúncios que destacam um site, hotsite, landing pages, redes sociais, aplicativos ou outras aberturas para canais de contato. 

Fonte/Reprodução: Original

Leia também: Aprenda a usar Tráfego pago e tráfego orgânico no seu site

Quem está há mais tempo envolvido no mundo digital, provavelmente se lembra do Google AdWords. Ele era uma plataforma utilizada para gestão de tráfego pago e, depois, se transformou no atual Google Ads, que segue liderando o mercado.

Em resumo, a gestão de tráfego visa construir um fluxo intenso e constante de visitantes no site com alto potencial de conversão. A questão é que esse trabalho não é apenas quantitativo, mas também qualitativo.

Isso significa que uma empresa não pode atrair uma imensidão de fluxo de pessoas que não se relacionam com a marca, produto ou serviço. Esse erro vai sobrecarregar o servidor do site, desperdiçar investimentos e não impactará as vendas positivamente.

A qualificação do visitante é feita através do Google Ads e Gestão de Tráfego. Dentro dela, existem recursos que segmentam o conteúdo a partir dos dados de cada visitante e, quando se foca neste ponto, as visitas resultam em mais vendas e o investimento é recompensado. 

Todas as pessoas que se encaminham para um site recebem uma proposta de valor para se tornarem leads, ou seja, são visitantes que tiveram primeiro contato com a marca e estão inseridos na jornada de consumidor de uma empresa de cartonagem, por exemplo. 

Um diferencial do investimento em tráfego pago nos buscadores como o Google, pelo Google Ads, em contrapartida ao impulsionar as redes sociais, é que todo o processo depende de uma ação do público: a pesquisa. E, em cima da intenção de busca do usuário, você deve programar suas estratégias no Google Ads e Gestão de Tráfego.

Depois que o usuário faz essa busca, os anúncios aparecem e o link é direcionado para pesquisas que estão relacionadas ao termo procurado, ou seja, seu site surge como a solução para a dúvida que gerou essa pesquisa. 

Como aplicar e gerir o Google Ads e Gestão de Tráfego?

Depois de compreender, em detalhes, o que é o tráfego pago, uma empresa de grama natural tapete pode reconhecer os métodos mais eficientes para gerenciá-lo e aplicar o conceito na estratégia de marketing digital. 

De forma geral, a gestão de tráfego pago é composta por quatro passos e, apesar de serem tratados de forma separada no momento de operação, cada etapa está relacionada e depende uma da outra para atingir os resultados desejados dentro do Google Ads e Gestão de Tráfego. E elas são:

  • Compreender quem é o seu público;
  • Planejar a estratégia para gestão de tráfego pago;
  • Análise de métricas relevantes;
  • Rever os resultados para campanhas futuras.

Como todos os processos de marketing, é necessário compreender quem é o alvo da estratégia antes de qualquer investimento. Para isso, uma das artifícios mais eficientes é o Gerador de Personas.

A constituição de uma persona inicia por criar um avatar, que é um personagem que representa o público e a empresa. E, a partir da criação do perfil, é possível ter respostas e informações que vão delimitar os resultados dos investimentos em tráfego pago.

Para uma empresa de aluguel de brinquedos para aniversário, é fundamental ter um planejamento claro quando o assunto é investimento na estratégia em questão. A estruturação deve levar em conta que a compra não é um processo direto, existem etapas.

Assim, cada fase depende de um direcionamento adequado para que o consumidor avance com a compra, ao invés de desistir dela. Parte desse direcionamento, por exemplo, pode atrair a atenção para impulsionar uma determinada postagem de blog. 

O marketing digital como um todo, e em especial o tráfego pago, se diferencia do marketing tradicional por ter uma alta capacidade de acúmulo de dados. Cada visita fica registrada, assim como o tráfego interno do site.

Parte importante do Google Ads e Gestão de Tráfego está em acompanhar esses resultados e mensurar o alcance dos investimentos, e, com essa base de dados, agir para otimizar o método.

Com isso, o tráfego pago vira uma peça da estratégia digital que dita o rumo das vendas da empresa no dia a dia. É necessário compreender que ele é um elemento importante, mas que precisa estar de acordo com a estrutura da estratégia de marketing digital.

6 dicas para aumentar as conversões com Google Ads e Gestão de Tráfego

Como qualquer estratégia, é preciso saber utilizar corretamente o conhecimento para tirar o máximo proveito do que ele pode oferecer. Claro que com o Google Ads e Gestão de Tráfego não seria diferente!

Fonte/Reprodução: Original

Leia também: 3 formas para conquistar tráfego qualificado!

Veja agora como você pode utilizar Google Ads e Gestão de Tráfego integrados para aumentar as conversões de Marketing e Vendas das suas campanhas na internet:

1. Seja específico com suas palavras-chave;

Usar palavras-chave genéricas como “seo” e “tráfego do site” não irá atrair muitos cliques, o que irá diminuir os seus resultados no Google Ads e Gestão de Tráfego.

Para obter mais tráfego, você precisa escolher palavras-chave que estejam diretamente relacionadas ao seu produto ou serviço. Se você oferece um serviço de SEO, use palavras-chave como “serviço de SEO para pequenas empresas” ou “serviço de SEO para blogs”. Além disso, você pode usar a ferramenta de palavras-chave do Google para encontrar palavras-chave relacionadas ao seu produto ou serviço.

2. Escolha o tipo certo de anúncio;

Existem vários tipos de anúncios no Google Ads e escolher o tipo certo de anúncio depende de suas metas. Se sua meta é obter mais tráfego para o seu site, você pode usar anúncios de texto. No entanto, se sua meta é converter mais visitantes em clientes, você pode usar anúncios de display ou anúncios de vídeo.

3. Crie anúncios atraentes

Você precisa criar anúncios atraentes para converter mais visitantes em clientes.

Seus anúncios devem incluir uma imagem atraente, um título chamativo e um texto de descrição interessante. Além disso, você deve incluir um CTA (call-to-action) para incentivar os visitantes a clicarem no seu anúncio.

4. Teste seus anúncios;

Você precisa testar seus anúncios para ver o que está funcionando e o que não está. Para testar seus anúncios, você pode criar vários anúncios e ver qual deles está gerando mais cliques. Além disso, você pode testar diferentes imagens, títulos e textos de descrição para ver qual deles está gerando mais conversões.

5. Direcione seus anúncios para o público certo;

Você precisa direcionar seus anúncios para o público certo. Para isso, você pode usar o recurso de segmentação de público-alvo do Google Ads. Com a segmentação de público-alvo, você pode escolher o local, o dispositivo, o idioma, a idade, o sexo e outros critérios para segmentar seu público-alvo.

6. Gerencie seu tráfego;

Você precisa gerenciar seu tráfego para obter mais conversões. Para gerenciar seu tráfego, você pode usar a ferramenta de gerenciamento de tráfego do Google Ads.

Com a ferramenta de gerenciamento de tráfego, você pode ver o tráfego em tempo real, o número de conversões e outras métricas importantes para medir os resultados do Google Ads e Gestão de Tráfego. Somente assim você poderá aproveitar os benefícios que essa estratégia proporciona!

Quais são as vantagens de se investir em Google Ads e Gestão de Tráfego?

Sabendo o que é o Google Ads e Gestão de Tráfego, assim como os métodos de gestão mais eficientes, fica claro que o recurso é uma possibilidade eficiente para empresas de quaisquer nichos, até mesmo uma auto escola especializada em carteira carro e moto, por exemplo.

Assim, veja agora uma lista das vantagens de investir em Google Ads e Gestão de Tráfego:

  • Aumento do tráfego do site;
  • Aumento do número de leads gerados;
  • Aumento das vendas;
  • Melhora da visibilidade da marca;
  • Melhora da reputação da marca;
  • Aumento do engajamento do público-alvo;
  • Melhora do posicionamento do site nos mecanismos de busca;
  • Aumento do ROI (Retorno sobre o Investimento);
  • Melhora da segmentação do público-alvo;
  • Redução dos custos com mídia tradicional.

Mas pode-se ainda reforçar mais um ponto positivo dessa estratégia no Google Ads e Gestão de Tráfego, que é oferecer argumentos para sua aplicação junto ao marketing digital de uma empresa. 

O SEO, Searching Engine Optimization, é o mecanismo usado para fortalecer um site organicamente. A questão é que esse processo tende a ser demorado, enquanto o tráfego pago é frequentemente utilizado para acelerar o resultado.

Imagine que uma loja de eucalipto tratado para curral leva certo tempo para estruturar seu site e está com a técnica SEO perfeitamente aplicada, mas os resultados demoram para chegar. O tráfego pago é responsável por impulsionar o aumento do fluxo de visitantes que se sustentam pelo SEO bem formulado.

Normalmente, a maioria das empresas que investem em tráfego pago recebe resultados imediatos. Porém, quando esse investimento vem acompanhado de um trabalho online muito bem estruturado, os frutos podem se valorizar ainda mais.

Algumas estratégias de marketing, como landing pages, hotsites e eventos, não podem esperar tanto tempo até o SEO dar retorno. Para estes casos, o tráfego pago assegura o alcance necessário para que as corporações tenham um determinado resultado ao utilizar Google Ads e Gestão de Tráfego.

Em conjunto com SEO, o Google Ads e Gestão de Tráfego tem como destaque um grande potencial para identificar palavras-chave mais eficazes. E, com um maior fluxo de visitas, o gestor de tráfego pode buscar quais palavras-chave geram mais retorno de forma assertiva. 

Considerações finais

Ao pesquisar algo, como varanda gourmet, em ferramentas como o Google, os resultados vão elencar uma série de links diferentes de produtos, serviços e conteúdos relacionados ao tema e, para uma empresa do segmento, estar no meio deles é muito importante.

Para aparecer entre as primeiras opções de resultados, este artigo mostrou que é preciso investir em Google Ads e Gestão de Tráfego, além de ressaltar a importância de investir em SEO para gerar tráfego orgânico. Seguindo esse conjunto de técnicas, o algoritmo do Google vai avaliar positivamente o site e apresentá-lo para mais pessoas.

E, como destacado ao longo do texto, outra forma mais rápida de aparecer em mais pesquisas é através do tráfego pago. Nesse formato, plataformas como o Google Ads são utilizadas para gerir anúncios que destacam o seu site e aumentam sua relevância.

Ambas os recursos se complementam e são utilizados em conjunto pelos gestores de marketing a fim de alcançar mais pessoas através do tráfego e, em consequência, efetuar mais vendas para as empresas. Por isso, as estratégias no Google Ads e Gestão de Tráfego devem estar sempre ligadas para otimizar os resultados da sua campanha!

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

guest-posts-newsletter

Insights relevantes para maximizar o posicionamento da sua marca na internet

    Deixe um comentário

    © Copyright GuestPosts 2019 - 2022. Todos direitos reservados.

    Desenvolvido por E-Inov, Layout by Agência WN