Link externo: o que é e como conseguir?

O link externo é um dos meios através dos quais grandes sites conquistam relevância para ocupar as melhores posições no Google. Essa é uma das principais estratégias para um site ganhar relevância nos mecanismos de busca. Qualquer website começa com zero leitores, sem ranqueamento e praticamente ninguém sabe da existência dele.

Se você tem um blog ou site, já percebeu que, ao escrever um artigo com um assunto em alta, não conseguiu ranquear entre os primeiros. Ao se deparar com essa situação, você deve ter se perguntado o porquê.

A verdade é que alguns permanecem assim por muito tempo. Mas hoje você irá descobrir hoje como iniciar sua jornada para aumentar seus acessos.

Seja você iniciante ou uma pessoa que já atua na área e precisa melhorar o desempenho de seu site, recomendo que leia até o final para compreender como melhorar o seu alcance!

O que é link externo?

O link externo tem a função de direcionar você para outro domínio, ou seja, ao clicar nele você é encaminhado para um site diferente. Pode ser o link de um site parceiro ou para outro projeto que deseja dar relevância.

Como criar e como usar um link externo
Fonte/Reprodução: original

Leia também: Atraia backlinks para o seu site com guias definitivos!

Esse link também é chamado de outbound link, com o qual você direciona a sua audiência para fora do seu site. Para você, esse link é externo, mas para quem recebe o tráfego de pessoas é chamado de backlink (link interno).

Não se empolgue com a quantidade de link externo utilizada. Há dois motivos para ser cauteloso com essa estratégia. O primeiro é que ela sozinha não irá fazer milagre. Já o segundo é que pode ser vista como uma prática indevida se for utilizada em excesso.

Para que serve link externo?

O link externo se encaixa na estratégia de SEO Off page. Ele ajuda a conduzir a relevância de um site para o outro. Suponhamos que o seu site é novo, você deseja aumentar a quantidade de visitantes e não sabe como.

Esse seria o melhor caminho para ganhar maior visibilidade, pois um site que já possui uma grande quantidade de acessos recomendaria você. A melhor forma de conseguir isso é pesquisar empresas (blogs) com sites que aceitam guest post, nos quais você escreve um artigo interessante com um link seu inserido com texto para esse site de maior relevância publicar.

Esse link pode ser inserido em uma palavra ou até mesmo num convite feito ao leitor para clicar, como “leia mais em…”, “confira também”, entre outros. Ainda assim, é necessário seguir as regras exigidas e escolher um site que aborde o mesmo assunto que você para atrair um público engajado.

As exigências comuns para que o texto seja postado são: conter apenas um link que seja para conteúdo, não podendo ser um link para página de vendas ou algo relacionado, ter em média 1.000 palavras (pode variar), assunto relacionado ao site, texto original, imagem de alta qualidade e boa escrita.

Ao implementar essa estratégia, você verá que o seu site irá ranquear melhor no Google e, consequentemente, terá mais visitas. Conforme criar conteúdo de qualidade e ficar bem ranqueado, poderá surgir mais links externos para seus leitores compartilharem nas redes sociais e em outros blogs.

Fique ciente que esses resultados não são instantâneos como os de outras redes sociais — como os posts que viralizam no Instagram. Demora dias ou até meses para notar o resultado. Além disso, pode ser que você envie centenas de e-mails e apenas uma pessoa responda positivamente.

Ainda assim, vale lembrar que quanto mais domínios apontarem para o seu melhor. Não adianta ter vários links externos de um mesmo site. Quantidade é importante, mas apenas se tiver qualidade. Domínios com alta taxa de spam, conteúdos ilegais e conteúdo de baixa qualidade podem penalizar ao invés de lhe ajudar.

Lembre-se que você poderá ser punido se houver alguma prática de spam ou Black hat.

Como conseguir link interno?

Sua primeira fonte de link interno pode ser o seu próprio artigo. Ao criar um artigo sobre um assunto, você pode linkar em alguma palavra-chave outro artigo seu que possua um assunto complementar.

Invista tempo para construir um conteúdo com uma estrutura rica em informações. Faça parágrafos de até quatro linhas, separe em tópicos, use imagens e deixe o mais dinâmico possível para a leitura. Assim, o leitor permanece até o fim e terá maior probabilidade de compartilhar com outras pessoas.

Uma rede social não muito falada é o Pinterest, que é um ótimo modo de conseguir links externos. Isso porque os usuários dessa rede adoram compartilhar informações relevantes e úteis.

Quanto melhor o seu texto e mais compartilhamentos tiver, mais rápido será indexado seu artigo e terá melhor resultado no crescimento orgânico. Existem alguns formatos que geram maior interação, como: guia passo a passo, infográficos ilustrativos, porquês, como fazer, entre outros.

Outra forma de conseguir é ao criar web 2.0, onde você cria um Blogger, site na Wix ou outra plataforma parecida para criar um artigo relacionado ao tema que queria indicar, e depois colocar um link para o seu artigo principal (link na palavra-chave).

Algumas pessoas tentam trocar links ou realizar outra ação forçada, no intuito de ter resultados mais rápidos. Porém, os mecanismos de busca estão cada vez mais refinados e podem te punir. Eles conseguem identificar praticamente todas as informações.

Como criar e como usar um link externo?

Para criar um link externo você precisa selecionar uma palavra-chave e inserir um link nela. Como você irá fazer isso é a questão. Pois, cada plataforma possui funcionalidades diferentes. No blogger, enquanto você escreve, possui uma barra superior onde tem um ícone que serve para criar ou editar um link.

Em outros sites costuma ser bem parecido, não há mistério. Agora que já sabe criar, deve estar com a dúvida “mas para que ele serve? Como vou usar?”.

O link externo deve ser utilizado de modo estratégico, de forma que você se beneficie em relação ao SEO OnPage. Você pode linkar para páginas de maior autoridade e abordar assuntos parecidos com o seu para ganhar relevância. É fundamental que esse site seja confiável.

O que é link externo
Fonte/Reprodução: original

Leia também: Como fazer Link Juice para aumentar a autoridade digital? [7 dicas para aumentar a visibilidade do seu site]

Se analisar sites renomados, você verá que eles referenciam alguns sites no início, meio ou fim do conteúdo. Indicar sites duvidosos não é uma boa opção, mas, caso queira criar um link externo mesmo assim, prefira colocar como no-follow.

Sabemos que os backlinks (links internos) são mais importantes para o ranqueamento e obter mais tráfego orgânico. Porém, os links externos (outbound links) ajudam a elevar a autoridade do seu domínio.

Existem mais quatro formas de utilizar o link externo de maneira inteligente. A primeira delas é quando você escreve sobre algum assunto que não domina, mas conhece um outro site com conteúdo completo. O seu dever nessa situação é indicá-lo para ajudar o seu leitor e em recompensa ele irá agradecer.

A segunda maneira é: ao citar estatísticas e teorias, coloque um link direcionado para a fonte de onde retirou essa informação, para dar maior credibilidade à informação. As notícias falsas são tão frequentes que é melhor colocar a referência até para você não se esquecer da fonte.

Utilizar imagem, vídeo ou algum material de outra pessoa é errado. Inclusive, pode gerar até processo. Entretanto, desde que seja permitido pelo autor do material ele pode ser reproduzido com o devido crédito. Ainda sim, não abuse. Criar um artigo com muito conteúdo de terceiros pode ser taxado como plágio.

A quarta e última maneira é: quando você fecha parceria com uma marca e precisa criar um texto, insira o link da empresa durante ou no final do artigo, convide de forma amigável o seu leitor a conhecer o site parceiro.

Quais os benefícios e os pontos negativos do link externo?

Nos tópicos acima, já foram ditos alguns benefícios da linkagem externa e interna. Agora, vamos relacionar essas questões com o impacto dela no desempenho do site. Fique atento ao que essas ações podem gerar para você!

Benefícios

Confira os benefícios do link externo:

  • Conseguir indicar outro projeto seu ou de algum parceiro;
  • Agregar valor ao seu texto ao indicar conteúdo mais completo de um site renomado para melhorar a experiência do leitor;
  • Referenciar a fonte de dados de onde você retirou as informações estatísticas;
  • Captar a atenção de uma marca que você tem interesse de fechar uma parceria.

Apesar de ter muitos benefícios, a linkagem externa tem também o seu lado negativo. É fundamental que se saiba todos os pontos positivos e negativos para avaliar como eles impactam o seu negócio.

Pontos negativos

Os principais pontos negativos do link externo são:

  • Linkar para um site com alta taxa de spam e não confiável;
  • Aumento de rejeição porque os leitores clicam no link externo e saem da página;
  • Ser reconhecida como uma prática indevida se utilizar em grande quantidade;
  • Ter futuros links quebrados em seu texto se forem excluídos futuramente.

Para evitar que isso ocorra, estude bem como fazer um bom link building, siga as boas práticas do SEO on page e SEO off page.

Qual a diferença entre link externo e interno?

Enquanto o link externo indica que o leitor vá para outro site, o link interno faz o oposto.
Imagine que você escreveu um artigo sobre SEO para blog e o seu tema principal é Marketing Digital para afiliados.

Por mais que o assunto esteja relacionado e vá ajudar o seu público, você não é um especialista em SEO. O ideal seria indicar um site renomado no mercado como SemRush, Rock Content e Backlinko. Melhor do que apenas recomendar o site, é inserir o link de um artigo interessante que já tenha lido previamente.

Esse primeiro exemplo é sobre o link externo, que sai do seu site para o que você indicou.

Quanto ao link interno, esse é o que você envia a pessoa que está em seu artigo para outro dentro de seu próprio site. Ou seja, ele não sai de seu domínio. Apenas continuará engajado em artigos sobre assuntos parecidos.

Para não retirar a pessoa da leitura muito cedo e gerar aumento na taxa de rejeição, você pode utilizar essas linkagens de modo estratégico. Pode até ser feito um link externo no início para ajudar na indexação do conteúdo, mas os outros devem ser distribuídos de forma natural.

Ao comentar sobre um assunto X, se tiver outro texto que gira em torno do mesmo tema, convide o leitor para conferir depois. Funciona muito se você gerar desejo e curiosidade. Títulos bem formulados tem o poder de chamar atenção.

Uma ótima ferramenta gratuita para verificar a quantidade de links que seu site possui é o Google Search Console. Nele é possível visualizar até as URLS separadamente. Também permite que você acompanhe as métricas de acessos e ranqueamento de seus artigos. É uma ferramenta completa.

Guarde todas as dicas dadas nesse artigo. Elas são muito utilizadas para ter sucesso na com seu negócio digital e atrair mais pessoas. Mesmo que o tema seja site, o SEO pode ser aplicado em outras redes sociais para otimizar a performance.

guest-posts-newsletter

Insights relevantes para maximizar o posicionamento da sua marca na internet

    Deixe um comentário

    © Copyright GuestPosts 2019 - 2022. Todos direitos reservados.

    Desenvolvido por E-Inov, Layout by Agência WN