Como fazer Link Building? 11 estratégias que geram resultados

como-fazer-link-building

Aprender como fazer Link Building é de extrema importância para as empresas que desejam alcançar o topo dos buscadores. Existem diversas estratégias rápidas, e avançadas que podem te auxiliar. Confira na íntegra o artigo e entenda como potencializar o seu site/blog.

A técnica de Link Building é uma excelente aliada no ranqueamento de sites de forma positiva, pois mostra aos buscadores e ao público que aquele conteúdo ou página é relevante e, portanto, merece ser notado.

Para saber como construí-lo de forma correta, com técnicas que realmente funcionam e que sejam efetivas, continue a leitura deste artigo e aproveite as dicas de ouro para colocar seu site no topo do Google. Vamos lá?

O que é Link Building? 

Que a otimização de SEO é importante para o ranqueamento de um texto na internet é fato e muitas das pessoas que trabalham com marketing digital sabem disso.

Agora, você sabia que fazer Link Building pode ser uma das chaves para o sucesso de um site? 

Isso porque, através dele, é possível constituir uma rede de links – internos e externos – que conferirão maior autoridade para seu site, pois mostrarão ao algoritmo que sua página é relevante, já que outros sites a utilizam para externar pensamentos similares e, portanto, lhe conferem autoridade. 

Funciona, basicamente, como uma indicação. A linkagem interna é feita quando se insere no corpo do texto do seu site links de outras páginas relacionadas do mesmo site. Assim, o cliente fica mais tempo dentro do site, o que melhora no ranqueamento no topo do Google.

No caso dos links externos, é semelhante quando você precisa de um profissional para ajudar com determinado assunto e um amigo indica a pessoa com a qual ele se consulta e confia, isso gera em você, automaticamente, maior confiança no trabalho desse alguém, certo?

Dessa forma, ao ser indicado por outros sites, a autoridade e o ranqueamento também são potencializados. 

Como funciona o Link Building?

Se um site em questão indica outro site através desse sistema de links, é como se ele dissesse ao Google que o site indicado merece mais reconhecimento no que se refere ao uso de determinadas palavras-chaves, já que ele entrega um conteúdo de qualidade.

Por isso, o ato de fazer Link Building, é comum utilizarmos o máximo de nossos links externos (backlinks), sempre tomando muito cuidado para não cometer nenhuma penalização do Google ao “exagerar na dose” de links.

Contudo, o uso de links internos também é importante para o algoritmo nesse caso, pois mostra que o conteúdo do seu site é coeso no que se propõe e, desta forma, ele indica outros assuntos similares e mostra que domina aquele nicho, ou seja: ele sabe do que o lead precisa.  

Entenda a importância de uma estratégia de Link Building para o SEO

Como explicamos anteriormente, a estratégia de Link Building propicia benefícios para um site a partir da otimização de SEO e, consequentemente, melhora no ranqueamento, o que gera uma crescente no tráfego orgânico, que é um ponto importante a ser mantido para que um site se mantenha relevante. 

Ainda, há outros motivos pelos quais essa ferramenta é importante, como: 

  • O Google encontrará outros conteúdos do seu site mais rapidamente para recomendar;
  • Sua credibilidade como empresa será maior e não só as pessoas confiarão em seu trabalho (pelo aumento de tráfego orgânico, ou seja, as pessoas acham o que precisam em seu site) como também mostrará isso ao algoritmo;
  • Há aumento, também, no tráfego de referência do seu site. 

Muito se fala sobre tráfego orgânico e tráfego pago, mas existem outros tipos de tráfego que podem beneficiar um site e o tráfego de referência é um deles. 

Como o nome sugere, é quando você é recomendado por outros sites e torna-se uma referência, o que aumenta a autoridade do seu site. 

5 Estratégias rápidas de Link Building

Apesar de demandar tempo, persistência e paciência, para uma boa estratégia de Link Building não é aconselhável deixar ninguém a ver navios quando bem estruturado o seu plano, isso porque os benefícios ocorrem a longo prazo. Por isso, veja quais são as estratégias chave para aproveitar esse recurso!

1. Contextualizar os links dentro do conteúdo

Quando alguém procura um conteúdo, especialmente se for bastante extenso, é comum que essa pessoa se depare com outros tópicos daquele mesmo assunto que também sejam relevantes para sua pesquisa e queira saber deles depois, mas sem perder a linha de raciocínio: para isso serve a contextualização dos links. 

Se, por exemplo, um site fala sobre como criar abelhas sem ferrão, e um dos links inseridos no texto direciona o leitor para uma receita de bolo, tanto o Google quanto o leitor ficarão confusos, não acha? 

Logo, quando se associa diferentes recursos aos links, o conceito do site cai na métrica do buscador por não ser relevante. 

Além disso, links contextualizados inseridos durante o corpo do texto são mais relevantes e atraentes para o algoritmo do que aqueles que aparecem apenas no rodapé da página, pois são considerados links de maior qualidade. 

link-building-como-fazer

2. Inserção de links “Follow”

Já se deparou com links “dofollow” e “nofollow”? Basicamente, é importante saber diferenciá-los porque nem todos os links passarão pelo ranqueamento do Google, porque nem todos eles são relevantes para os assuntos tratados na página. 

Por exemplo, links “nofollow” dizem ao Google que eles não devem ser ranqueados através de migração de autoridade ou associar o site que linka ao site destino na hora de fazer esse ranqueamento.

Por isso, é importante colocar links “dofollow” nos sites que advém de fontes de qualidade. 

3. Links de domínios exclusivos são boas pedidas

A fim de fazer Link Building com alta qualidade, é importante que utilizem, de preferência, links advindos de domínios exclusivos, ao invés de utilizar sempre os mesmos.

Isso ajuda a ranquear seu site no Google, garantindo posições de maior destaque. 

Sites com autoridade baixa tendem a linkar domínios raiz do que os sites que possuem maior autoridade. Por isso, é necessário se atentar à exclusividade de sites que não aparecem com frequência nos links externos. 

4. Atenção aos links que tenham a ver com o conteúdo abordado

Aqui é basicamente o que explicamos anteriormente: não faz sentido para um lead ou para o próprio Google que o link inserido no texto redirecione o leitor para um conteúdo avesso ao que ele procurou para chegar na página de destino.

Isso, inclusive, deve ser observado ao linkar determinados conteúdos dentro de tópicos específicos. 

Se uma pessoa lê um texto sobre artes marciais e no tópico de Kung Fu há um link que a direciona para uma página que explica “o que é Kickboxing” a pesquisa ficará difusa e as chances de que ela desista de seu conteúdo por achar que ele não entende do que fala são grandes.

Por isso, é necessário contextualizar os links nos tópicos corretos. 

5. Utilização de Textos Âncora

Utilizar o Texto Âncora é uma faca de dois gumes, pois pode ajudar bastante na hora de fazer Link Building de alta qualidade, ou gerar penalidades. 

Um Texto Âncora, em resumo, é uma página otimizada que é utilizada para vincular outras páginas relacionadas do site.

Ele ajuda no ranqueamento, mas não deve ser usado em excesso, pois isso gera uma violação de diretrizes, mas, se usado com parcimônia, pode influenciar positivamente a alavancar um site. 

estrategia-de-link-building

6 Estratégias avançadas para fazer Link Buildings

Agora que você conhece as estratégias fundamentais para fazer Link Building de alta qualidade, resta aprender algumas técnicas avançadas para aumentar o ranqueamento do seu site através deles. Vamos lá? 

1. Aposte em Guest Posts

Como você aprendeu, a contextualização correta de bons links dentro de um texto gera diversos benefícios para o ranqueamento da página, pois mostra ao algoritmo que aquele site possui autoridade e confiabilidade. Agora, para contextualizar bem, é necessário também um conteúdo de qualidade. 

Contudo, para produzir esse tipo de conteúdo é necessário tempo, estudo e esforço, um trio que nem sempre está disponível em todos os momentos. Por isso, a dica é utilizar Guest Blogging.

Os Guest Posts são basicamente, conteúdos produzidos por terceiros, que já são experientes em trabalhar com esse tipo de serviço e que são publicados em outros sites relacionados, com o objetivo de gerar backlinks de qualidade para o site de quem contratou.

Os Guest Posts ajudam a conseguir backlinks em outros sites relacionados de forma a manter a saúde do site que contratou os serviços.

Assim, os links do seu site estarão associados a conteúdos do seu nicho que façam sentido e tenham qualidade, em consequência a autoridade vai crescendo de forma contínua e consistente.

Cadastre-se gratuitamente na Plataforma Guest Posts!

2. Construa backlinks em redes sociais

As redes sociais aproximam pessoas de todos os lugares e são ótimas para angariar tráfego orgânico, justamente por causa desse contato mais aproximado da marca com possíveis clientes que, depois de ver mais sobre ela, irão querer aprender mais também. 

Além disso, as redes sociais influenciam positivamente na SERP de uma determinada marca, que é como uma lista de resultados de pesquisa nos buscadores disponíveis. Isso porque a probabilidade de um lead clicar em um link através delas é grande. 

3. Técnica Skyscraper (Arranha-céu)

Uma técnica que também auxilia na de fazer Link Building através de menções de backlinks em outros sites é a Skyscraper.

Ela consiste, em suma, em identificar qual é o melhor conteúdo relacionado a uma determinada palavra-chave que você utilizar e melhorá-lo para gerar mais vinculações e compartilhamentos de terceiros. 

Dessa forma, é possível gerar um conteúdo de alta qualidade a partir de outros que já são bons, mas podem melhorar e a consequência é mais tráfego de referência. 

4. Use infográficos sempre que possível

Os infográficos de plataformas como MindMeister, permitem que se adicione links externos (backlinks) e esse tipo de mídia possui uma alta responsividade do público, eles ainda podem ser vinculados a outros sites. 

5. Um conteúdo, vários formatos

Vários formatos de conteúdo chamam mais atenção do público e ainda geram um maior número de compartilhamentos em mídia diferentes. 

Por exemplo, ao criar um conteúdo textual com vídeos pode-se atrair um público que prefira assistir ao invés de ler, além de gerar backlinks em outros canais de mídia, o que facilita o alcance a outros nichos e aumento de ranqueamento. 

6. Não se esqueça de produzir conteúdo de qualidade

Apesar de ser bastante falado, é sempre importante frisar esse ponto, já que ele acompanha a já explorada boa contextualização de links, mas também é responsável por manter os leads alcançados como visitas frequentes em uma página. 

Além disso, é uma boa porta para fazer Link Building, já que possibilita a inserção não só de links externos como de internos, o que manterá o leitor em seu site por mais tempo. 

3 Cuidados necessários para uma estratégia de Link Building

link-building-erros

Apesar das maravilhas acarretadas na hora de fazer Link Building, é importante ressaltar que nem tudo são flores! 

Existem algumas técnicas que, ao invés de ajudar na construção de uma rede de links de qualidade, podem ser a decadência de alguns sites, mesmo que seus utilizadores saibam disso. 

Por isso, confira algumas delas para evitá-las sempre que possível a fim de manter sua autoridade e confiabilidade na web. 

1. Não utilize links cegamente

Como explicamos acima na contextualização de links, é importante se atentar para não utilizar links exageradamente dentro de artigos, pois isso acarreta em punições por parte do Google

Inclusive, “linkar” sites de modo concentrado no conteúdo também sugere ao Google que você não sabe administrar seu conteúdo ou que está tentando “roubar” na hora de fazer Link Building, o que não é visto com bons olhos por ele. 

2. Links que violam diretrizes

É importante ressaltar que existem ainda links que violam as diretrizes propostas pelo Google e que podem, infelizmente, fazer com que qualquer progresso de construção de Link Building vá por água abaixo: 

  • Links advindos de ferramentas de criação automática de links;
  • Links escondidos (com fundo da mesma cor do site, por exemplo) colocados aleatoriamente;
  • Links quebrados, que não endereçam a site algum; 
  • Backlinks provenientes de spam em comentários.

Quando se evita esses pontos, fica mais fácil conseguir aproveitar o Link Building de forma honesta, o que até garante confiança de sua empresa frente à internet. 

3. Black Hats 

Por último, mas não menos importante: os Black Hats são um conjunto de técnicas matadoras para fazer Link Building, no pior sentido da palavra.

Isso porque podem realmente acabar com todo o trabalho construído por um site ao tentar se tornar mais visível pelos mecanismos de busca. 

Algumas técnicas comuns de Black Hats incluem:

  • Uso excessivo e concentrado de palavra-chave; 
  • Conteúdos e links ocultos (como explicado acima);
  • Páginas duplicadas; 
  • Link Farm (ou “Fazenda de Links”), que consiste em vários sites que apontam links somente para si mesmos;
  • Links pagos que não são caracterizados como links patrocinados, podem ser punidos se identificados pelo Google.

Assim que o algoritmo identifica o uso de alguma dessas técnicas consideradas ruins, as penalidades são aplicadas e o site cai no limbo na internet, o que não é o correto para alavancar seu sucesso. 

Portanto, evitá-las é uma boa forma de manter sua página saudável. 

Conclusão

Agora que você sabe o que é e como fazer Link Building, já pode colocar a mão na massa e colocar os ensinamentos em prática para colocar seu site no topo do Google! 

Se restaram dúvidas, comente abaixo para que possamos ajudar. 

Obrigado por acompanhar até aqui. Aproveite e amplie seus conhecimentos com todos os nossos insights em nosso blog.

Um grande abraço e até o próximo artigo!

guest-posts-google-web-stories
Compartilhe:

Deixe um comentário